Tem que estar tudo bem limpo…

Ah! Tudo que você for usar no hidromel, tem que ser desinfetado. Geralmente com iodo, agente de esterilização que tem alto poder oxidante e age sobre esporos, fungos e vírus. Eu uso iodo porque eu li uma vez que não faz mal, é usado para a assepsia de feridas, tecidos animais e também vidrarias e equipamentos para fins cirúrgicos. A solução de iodo comercial que ele usa contém 2% de iodo e pode ser adquirida em farmácias. Nela, temos iodo (I2) e iodeto (I) combinados formando o ânion triiodeto I3:

I2(aq) +  I(aq) → I3(aq)

Eu geralmente dissolvo o iodo e logo em seguida passo água filtrada. Eu compro um galão de água de 20 litros e uso parte pro hidromel e a outra pra limpar as coisas. O iodo é um agente bactericida (mata bactérias), esporicida (mata bactérias esporuladas), fungicida (mata fungos) e também tem ação contra os vírus (MORIYA, 2008), contribuindo, assim, para que os recipientes sejam esterilizados, fiquem isentos de vida microbiana, isto porque ele age como oxidante destruindo microrganismos e matéria orgânica:

I3(aq) + 2e → 3I(aq)

Aí eu encho um galão com água, um balde com 10 L, faço a mistura com iodo, adiciona a solução de iodo a 2%, e jogo em tudo. Depois desse procedimento, eu posso começar qualquer processo, como a fase de fermentação.

Prossiga para: Depois disso é colocar ele dentro do fermentador

Volte para: Adiciona a levedura, o fungo…