Visões de mundo

A expressão ‘visão de mundo’ é bastante usada em educação, assim como na literatura da educação multicultural em ciências. O que parece faltar no primeiro caso é uma definição mais clara do termo. Já no segundo, os autores quase sempre remetem aos trabalhos do pesquisador americano William Cobern, baseados no quadro de referência do antropólogo Michael Kearney. Nesta seção, iremos estabelecer significados para ‘visão de mundo’ em uma abordagem construtivista, fazendo considerações iniciais sobre o construtivismo contextual e seu foco nas ‘visões de mundo’ dos alunos e suas influências na aprendizagem. Na visão de Cobern, é preciso que os educadores aprendam a identificar  estas visões de modo a estabelecer relações que tornem a ciência mais significativa para eles.  Vamos começar analisando os textos 1 (O construtivismo contextual ), 2 (Como significamos ‘visão de mundo?) e realizar as atividades correspondentes. Depois iremos analisar visões de mundo de três estudantes de ensino médio no contexto de desenvolvimento de uma pesquisa através de uma metodologia específica (textos 3 e 4). Estes textos estão disponíveis para leitura na tela do computador ou utilizando versões em PDF.

visao-de-mundo

Esta é uma experiência em construção que está sendo desenvolvida inicialmente junto às alunas da disciplina Perspectivas Culturais para a Educação em Ciências e Matemática, do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFSJ.

Texto 1 e atividade: O construtivismo contextual